ALAIDE, UM CORAÇÃO POETA...
SENTIMENTOS e VERSOS = POESIA
Capa Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
Minhas Quadras

A chuva molhou minha roupa
Eu gostei, orei e pedi mais
Ela disfarçou as minhas lágrimas
Que derramei por um rapaz.

Boa noite, povo dos versos
Da rima que bem enquadra
São tantos poetas rimando
Que vou fazer uma quadra.

Não quero ficar velha
Quero sempre brincar
Nem ser a vovó chata
Prefiro sorrir e amar.

Não me chame de quadrada
Se eu sou contra o imoral
Eu gosto do que é direito
Nem à ninguém faço mal.

Quero compor uma quadra
Expondo meu amor dengoso
Um sentimento tão infinito
Tão nobre e tão gostoso.

O meu espaço também é seu
Desde que você me prometeu
Planejar e agir sempre em favor
Da união, do respeito e do amor.

 
ALAÍDE SOUZA COSTA
Enviado por ALAÍDE SOUZA COSTA em 05/11/2017
Alterado em 25/11/2020
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários