ALAIDE, UM CORAÇÃO POETA...
SENTIMENTOS e VERSOS = POESIA
Capa Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos

Ela:
O qui  foi, hem, mininu?
Ocê ta rinu di mim?
Num faça issu garotu
Posqui  ficu tristi, sim.

Ele:
Num tô rinu di ti, não
Só du seu isquicimentu
Demora a falá cum eu
Ficu tristi i lamentu.

Ela:
Num tá rino di eu não?
Qui bom é eu sabê dissu
Ficu mai feliz, intonce
Ti dô um beijo, purissu.

Ele:
Vai mermo é mi beijá?
Num tá mi ganano, não?
Intonce, faz o qui dissi
É seu, o meu coração.

Ela:
Ti beijá, é o qui queru
Mai a minina falada
E eu num queru virá
Prifiru eu,  ser beijada.

Ele:
Falada ocê num fica
Posqui vão ti respeitá
Eu vô pidi sua mão
Cumigu tu vai casá.
 
Ela:
Intonce serei fiiliz
Cumigu tu vai casá
Aceitu, meu bem, teu beijo
Vamos, intonci, noivá?

O Par:
Quem ama, protege, sempre!
Dá carinho e não maltrata
Isso é amor verdadeiro
Então, quem ama não mata!
ALAÍDE SOUZA COSTA
Enviado por ALAÍDE SOUZA COSTA em 03/08/2018
Alterado em 25/11/2020
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários